Felícia, pequenos textos (parte I)

Foi nessa noite que Felícia fincou o pé e marcou o seu ponto de vista sobre o assunto perante a sua mãe que lhe acabara de perguntar se já tinha telefonado ao seu pai. – Não, e não quero debater a vida dele. As escolhas que ele fez na vida foram dele, a vida é dele e eu, não posso viver as escolhas que ele fez. Posso ouvir mas mais que isso não. Não vou ser arrastada para os dramas que ele vive e, só quando está mal é que nos procura. Não vou ficar a pensar, não vou novamente … Continue reading Felícia, pequenos textos (parte I)

Inspiração…

Para onde foste? Precisei de ti na minha mente, aquele pequeno link para um clique, sem suborno nem ostentação. Só precisei de inspiração. Para onde foste? Quando te vi deixaste-me, não vivia sem ti. Desculpa, era uma mentira, vivia sim. Vida de inspirações… Há tantas fontes de inspiração. Na música, diferentes ritmos, tocam-me como se sentisse diferentes emoções. Na natureza, tantas cores, movem-me o olhar para os cenários mais incríveis. Nas viagens, tanta diversidade, que para sempre fico no lugar. No que me rodeia, basta observar, tantos seres diversos com tantas histórias para contar. Na humanidade, ambígua, impostora ou humanitária? … Continue reading Inspiração…

Organizações, mentais e profissionais

Vocês não me conhecem mas, eu sou a pessoa mais desorganizada do mundo, quer dizer, no que toca às minhas próprias coisas. Digamos, no meu ponto de vista eu não me considero desorganizada, mas no panorama geral, sou. Não sei bem se me fiz entender com isto?! Ora, quero tanto ser organizada que acabo por complicar demasiado a organização e torna-se desorganização, mas eu entendo-me lá no meio, o problema é quando “alguém vem mexer nas minhas coisas”, refiro-me, em casa, claro. No trabalho, não sei porquê sempre me consideraram o exemplo da organização (quando eu acho que fica qualquer … Continue reading Organizações, mentais e profissionais

É possível reprogramar a mente?

Este artigo apenas expressa a minha opinião, respeito todas as outras, falo apenas de experiências que eu própria passei e estudos que fiz neste assunto. A questão que se coloca “É possível reprogramar a mente?”, para mim, é. Se é fácil? Não. Eu comecei a “reprogramar” a minha mente à cerca de um ano atrás, devido a uma crise depressiva que me provocou vários ataques de ansiedade e por consequência uma falta de vontade de viver. Atenção, estou a falar no caso de uma depressão – crise depressiva. Existem outras depressões associadas a outras doenças, sobre as quais não posso falar, … Continue reading É possível reprogramar a mente?

Quando um filme te relembra momentos únicos.

  Ontem vi o filme The Greatest Showman, já há bastante tempo que o andava para ver, mas só ontem é que o consegui ver. Não estava com grandes expectativas acerca do filme, sabia que se tratava de uma espécie de musical onde entrava o Hugh Jackman (actor que aprecio bastante… por variadas razões… ) e era sobre um circo ou sobre um espectáculo musical. Digamos que, tive das mais agradáveis surpresas, podem dizer o que quiserem e classificarem como quiserem, para mim ele proporcionou-me momentos únicos. Porquê? Ora, tem a ver com as nossas experiências de vida, não é? … Continue reading Quando um filme te relembra momentos únicos.