Questionem e pensem.

Não sou ninguém extraordinário para vos dizer isto, e muitos dos meus leitores, acredito que já o fazem mas nunca é tarde para recordar – questionem e pensem. Cada ser é exclusivo, por isso, questionem e pensem, não assumam que tudo o que vos é incutido é real. Os meios de comunicação social e mesmo as pessoas, hoje em dia, sabem perfeitamente que as redes sociais e os média são óptimos instrumentos de manipulação social. Porquê? Não é mais fácil ouvir a noticia e ver a imagem, acreditar que aquilo é uma verdade, do que procurar os factos concretos? O … Continue reading Questionem e pensem.

Questões em torno de amizades.

Amigos ficam, amigos vão… amizades… Pessoas que chamávamos amigos, que nos marcaram de alguma forma, que partilhamos experiências, que nos identificamos, mas com o tempo, sem sabermos bem porquê essas ligações começaram a desaparecer, deixou de haver comunicação, interacção, e essas ligações perderam-se… Quantas vezes já aconteceu? Inúmeras. Hoje em dia, ainda me entristece um pouco olhar para trás e saber que perdi amigos, não por culpa minha ou deles, apenas porque cada um, vive suas vidas atribuladas. Não que me esqueça deles, mas, quando intreferimos sempre com essas vidas chegamos à constatação que é melhor deixar de intreferir. Porque, … Continue reading Questões em torno de amizades.

Como encaro um problema

Hoje deparei-me com um problema. Daqueles, que se eu deixar, vão-me consumir por dentro, vão apontar dedos, criar revoltas, fazer chatear, tirar sonos, fazer passar o dia todo a pensar nisso… bem, esses problemas. Hoje, esse problema, referente ao passado que me atormentava e culpava a outra pessoa e depois fazia tomar atitudes que me faziam culpar a mim, caiu-me em cima. Acho, que se lhe chamar “fantasma recorrente do passado” faz com que ele (problema) se torne um pouco menos pesado, não acham? De vez enquanto tenho que viver, este “fantasma recorrente do passado”, que já não me atormenta mais. … Continue reading Como encaro um problema

Still much to learn / Ainda muito a aprender

“Today I realized that I still have much to learn. Sometimes good feelings make us make bad decisions – so its better don’t see or ear or even speak – this way you can continue follow your path without questioning what did I donne? From now it’s better to remind me of that, keep searching for my inner self, finding answers to my questions and don’t interfere with others paths.”     “Hoje percebi que ainda tenho muito a aprender. Às vezes, bons sentimentos fazem-nos tomar decisões erradas – então é melhor não ver, ouvir ou até mesmo falar – … Continue reading Still much to learn / Ainda muito a aprender

Mudanças… novamente

Hoje mudarei o meu blog, não seu aspecto, mas algumas disposições. Nunca minto quando digo que o blogue é o meu reflexo, desde o inicio, de uma jornada continua de aprendizagem da minha pessoa. Sei, que quase ninguém me seguiu desde o inicio por isso, há coisas que não devem fazer sentido como, pontos de vista, “filosofias” e formas de ver a vida. Comecei a jornada quando me senti preparada e forte para raciocinar, espelhar o meu raciocínio, falava comigo própria e chegava a conclusões, ajudou bastante, elucidou-me sobre os mais variadíssimos assuntos com os quais me debatia diariamente. Quem … Continue reading Mudanças… novamente